Carapuças e janelas…

Ando sofrendo de um certo bloqueio criativo. Mentira, acabo de perceber. Não é bloqueio, talvez seja excesso… Ando pensando muito, e mais, sobre tantas coisas, que na hora de passar pro ‘papel’ não acho o foco. Muitas coisas tem me encantado, e me decepcionado, mas claro, que eu penso que se é para expor, que seja algo que mereça mais atenção. Penso que é melhor falar do que eu considero errado ou algo que, com a discussão criada, tenha chance de melhora.

Em Belo Horizonte isso não é nada fácil: falar do que a gente não gosta/concorda. Aqui as carapuças servem muito mais do que a gente enxerga, a gente escreve pensando em um caso, e outros 17 que você nem tinha conhecimento se manifestam de alguma forma. Meio que esse pensamento de interior mesmo, as pessoas não largam essa mania de ‘ficar na janela’ acompanhando a vida alheia, vendo o mundo passar. Para quem pode ou quer se esconder disso, existe a reclusão. Mas e para quem não o faz?

Tenho sentido na pele o que é ser uma figura pública, e agora, mais do que nunca. Mas confesso que por mais descoladinha que eu pensasse que fosse, descobri que ainda estou crua. É muito legal ter mais de 2mil ‘amigos’ no Facebook, ser abordada na rua por gente que acompanha meu trabalho (sim, É um trabalho, mas isso eu quero discutir em outro texto, depois…),  ouvir dos amigos os casos que contam de gente que eu nem conheço me elogiando, ou parabenizando por algum motivo. Mas isso vai dando uma certa inflada de ego, claro, incentivando a segurança na hora de postar minhas reflexões, e nem sempre eu consigo atingir meu objetivo quando posto. Mas mais porque as pessoas não tem sabido interpretar… Ou sabem, mas preferem levar pro lado negativo…

Por mais que eu confie nos meus critérios e conclusões, estou resolvendo, meio que contrariada, a guardar pra mim a maioria dos pensamentos, já que na minha cidade tudo é levado pro lado pessoal. Vou ter que aprender a separar a Juranda, que poderia reclamar de tudo, da Sininho, que precisa se policiar. Abraçar mais uma vez, a consequência dessa personagem que eu vivo… E com esse textinho que pra mim, não passa de um desabafo bobo, aposto que surgirão 53 casos de gente achando que foi uma texto direcionado a tal dia, a tal historinha… Mas acreditem se quiserem: essa crítica de hoje, serve para TODAS as historias da minha vida.

Já tenho sentido vontade de migrar pro Twitter mesmo, como fez meu Oráculo, e largar essa feira de vaidades que o Facebook virou… A minha, inclusive!! Rs… Mas ainda não desenvolvi total simpatia por um micro blog onde a graça maior é postar toda e qualquer bobagem cotidiana. Prefiro a polêmica do Faceb, por mais irritante que seja, às vezes!

Anúncios

5 Respostas para “Carapuças e janelas…

  1. Desabafos rodando nossas vidas… Vc desabafando a vida e eu o mundo…

    É injusto morar num “roça grande” como BH e não ter vida própria e sim vida conjunta! Vc espirra em Lourdes e a galera do Belvedere dá notícias que vocês está gripada… Mas a vida é assim, eu, falando por mim e só por mim, já nem ligo mais, já “deixo que digam, que pensem, que falem, eu num to fazendo nada…”. No final, minha mãe que está certa: Bem ou mal, falem de mim!
    Sabe o conto do: Sua inveja faz a minha fama… Pois é.. Enjoy it…
    Policie-se como Sininho, mas não perca a Juranda de vista muito menos exclua-a da própria Sininho!

    Aliás, quero conhecer essa Juranda, pq até hoje só tive notícias da Sininho que eu adooooro nas pistas! 😉

  2. Oi Sininho,
    Estava aqui lendo seu texto pra entender o desabafo.
    A posição de pedra é muito confortável né? Criticar é mesmo uma delícia.
    Será que a carapuça serviu mesmo ou ta faltando espelho por aí pra olhar pra dentro?
    Ou será que nessa história o espelho só serve de combustível míope da realidade, como a personagem que reperia: “espelho, espelho meu, existe alguém mais bela do que eu?” Sempre há…
    Acontece que devemos aprender a lidar com a situação quando as coisas se invertem.
    Deixa eu ver se entendi:
    Você é uma “celebridade local de BH” certo? Isso equivale a quem? Rainha do rodeio, ex-bbb, stefany do cross fox.. oops, nem isso né?
    Virou Dj também? Ui… do tipo que sempre criticou quando era só figura fácil na noite?
    Não quero provocar, não tenho inveja, na verdade estou como advogado do diabo tentando gerar sua reflexão.
    O que você já fez de tão bom e importante pra se levar tão a sério?
    Qual o benefício, educação, conhecimento, experiência ou a técnica extraordinária que tem, para se qualificar como “formadora de opinião”?
    Viver de tráfico de influência na noite de BH mole. Difícil é trabalhar todo dia, criar coisas novas, gerar benefício pras pessoas.
    Alias, qual o propósito? Qual a importância e a relevância do resultado do seu trabalho? E do seu talento?
    Já pensou em sair dessa Egotrip e pensar mais em como pode ajudar?
    Use seu super status de celebridade pra fazer algo que realmente valha a pena!
    Pra alguém que viveu de favor, na aba dos outros durante mais de 30 anos, você está até se dando bem …
    Mas o que é se dar bem? Até quando? Como?
    E quando for? vai deixar o que? Qual a sua carreira?
    Isso é coisa de quem fica tempo demais sem ter o que fazer.
    Sininho assim como Peter Pan, vive na Terra do Nunca, não cresce, não vira adulto, não encara a vida de verdade e fica brincando de imaginar…
    Delírios de grandeza, bolhas de sabão e futilidades sem fim pra quem nunca vai crescer…
    Pobre da Juranda… falta realidade em seu alter ego, capaz de distorcer tudo ao ponto de se projetar com a importância que gostaria de ter, antes de SER!

    Saiba receber essa crítica com a mesma propriedade e dignidade que tem ao criticar..

    Aproveite o momento positivo para crescer, para melhorar, pra colaborar.

    • Pra Lolabh,a quem tentei responder só por e-mail como sempre o faço, mas não teve a coragem ou decencia nem de mandar um e-mail válido, tssss… A resposta vai em publico entao, aproveite:

      Minha cara,
      Concordo em partes com o que vc me escreveu.
      Sou mini celebridade da roça sim, formadora de opinião,
      tanto faz se isso se equivale a uma stephany ou a um ex BBB,
      mas o caso é: eu nunca busquei ou planejei isso como objetivo.
      Se eu tenho um carisma
      e/ou personalidade que encanta e inspira a alguns, só posso agradecer.

      Virei Dj não, não me considero isso. Uma brincadeira deu certo e estou
      tirando proveito, já que tem quem goste, e MUITO, do que eu faço.
      Figura fácil na noite eu sempre fui mesmo, como voce mesma disse,
      vivia na Terra do Nunca, mas ao contrario do que gente como
      voce pensa, jamais vivi de favor na aba dos outros. O que acontecia
      era que eu confundia amizade com trabalho, e acabava trabalhando
      pros amigos em troca de cortesia e/ou bebida, informalmente. E olha,
      só estou te respondendo, porque como não me CONHECE, escreveu
      um monte de abobrinhas, e eu me sinto no direito de responder.
      Poderia ao menos ter assinado. Mas a sua atitude só serviu
      pra mostrar, mais uma vez, que eu sou diferente mesmo. Tenho uma
      personagem, mas não deixo de dar a cara a tapa pras pessoas como
      voce tentarem bater.

      O resto eu não vou me dar ao trabalho de discutir não. Do que eu faço
      fora da Sininho, quem tem que saber sou eu mesmo, minha familia
      e amigos. Muito grata pelo seu tempo e continue acompanhando as
      minhas brincadeiras e delírios de grandeza, pois pra bem ou pra mal,
      voce não deixa de ser publico! Abraços…

  3. Hahahahaha!!!
    Engraçado como AINDA existem pessoas assim no mundo… Escondem-se atrás do anonimato e falam um monte de merda, julgam, distorcem, interpretam coisas boas para um lado ruim…
    Fácil demais ser assim não é? Qual o problema? Vc escreve, escreve, critica, “forma opinião” e…. Pronto… Ninguém, senão você, pra saber q rosto vê no SEU “espelho, espelho meu…”

    Vc não é advogada do diabo, mas não digo que não sou advogada dos anjos, ou Sinos no caso, meu diploma, e minha OAB não me deixam negar (DEFENDO SIM). Principalmente pq a prova é daquele que alega e diga-me vc… QUE TIPO DE DECLARAÇÃO DELA NÃO TE DEIXA PENSAR NA S-U-A PRORPIA VIDA??? (prove)
    Formou opinião não é mesmo??? Sorry honey, this, we call, LIFE!!!

    Welcome to the jungle! Ou melhor… Bem vinda a Belo Horizonte!

    Vai viver sua vida ilusória e FALSA, ou “fantasiosa”, por trás dessa mascarazinha que você colocou na frente do seu NOME pq sua inveja é que faz a fama sabia?!
    #ficaadica

  4. “Vou ter que aprender a separar a Juranda, que poderia reclamar de tudo, da Sininho, que precisa se policiar.”

    Juranda,

    É isso! Está limpo e claro nessa passagem do seu texto o trevo, um caminho natural e saudável, por onde acho que você deve passear. Apesar de não ser uma figura pública e de não ter criado um personagem que escreve o que sente, o André Toledo e o Deco do Trilhas da Vida, se misturam no imaginário das pessoas, consigo assim ter uma leve idéia do que se passa com você.

    Existe mesmo, para maioria das pessoas, uma unificação das suas faces… Uma mistura de pessoa e personagem, mulher e ícone da noite, ser humano e dj que faz o povo se acabar na pista… Você tem culpa? Tnocentemente sim, uma vez que você é a única pessoa que pode separá-las aos olhos do mundo. Talvez seja preciso fazer isso publicamente, Juranda e Sininho, dois facebook’s, orkut’s e afins… Duas faces.

    Concordo que não vai ser fácil nem entendido de forma simples aqui, nessa cidade de tantos pensamentos rasos e cabeças pequenas… Mas e daí? É a Juranda, dona do seu nariz fazendo que acha certo da sua vida, quem pode julgar?

    Quanto a… bem, “lolabh”, não vou nem discorrer. Anônimos são meros fantasmas, mentes covardes, não valem a letra.

    Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s