De repente

De repente ter 3 mil e ‘cacetada’ de amigos num facebook não basta, se na hora de sair pra jantar, só posso ligar pra 4 ou 5… De repente, paquerar é mais do que cutucar ou receber uma inbox falando que ‘’se bobear a gt se esbarra na balada hj’’… De repente, viver ao vivo é mais importante do que postar uma foto da gente sorrindo bêbado na pista, quando na verdade, saiu porque não estava se agüentando de frustração e/ou carência em casa…

De repente… Abrir espaço para que as pessoas comentem nos posts, é alimentar um azedume que obviamente não vai passar, sendo que 90% das pessoas que aparecem nos coments, é gente que nem gosta de você ou que na verdade até gosta, mas não te CONHECE…

De repente, me parece sem sentido algum ficar dando notícia sobre o que estou fazendo ou pensando, o tempo todo, atraves de internet… E ir deixando de me relacionar com pessoas realmente queridas no cotidiano… Ir virando uma pseudo nerd mas emburrecer, ao invés de aprender, que é o que nerd faz.

E definitivamente, de repente é hora de deixar o egocentrismo de lado, e parar de buscar o vício da aprovação/exposição da imagem, da maneira errada… Se a gente colhe o que a gente planta, eu sou fazendeira do que?

 

http://www.youtube.com/watch?v=8UouP8cRYZ8

Anúncios

8 Respostas para “De repente

  1. É aquela velha história: Quanto mais “amigos” eu tenho na internet, menos AMIGOS (verdadeiros) tenho na vida. Se antigamente eu tinha 10 ou 15 amigos próximos, hoje tenho uns 3 ou 4 com quem converso de vez em quando, enquanto na internet tenho uns 200 ou +.

    Eu sou um belo exemplo do vício da aprovação, que é o resultado da minha solidão+frustração+problemas na família, e a internet é como um refúgio pra mim me expressar, mas um refúgio ilusório.
    Agora pouco eu estava twitando e lembrei do seu blog. Esse post disse exatamente o que eu estava fazendo (buscando aprovação): falando, me expressando, mas não recebia nenhum mention, retweet. O Twitter é ótimo pra aliviar a minha ansiedade, mas quando eu caio na real dói um pouco.

    Sei lá, acho que amanhã vou pegar a bike ir visitar um amigo pra conversar sentado no meio fio hahahaha..

    Olha, adorei seu blog.. li alguns posts e me identifiquei. Ganhou mais um leitor! Abraços!!

  2. primeira vez no blog!
    fantástico!
    uma observação certeira qd vc menciona as fotos de sorrisos embriagados na balada, sendo que o real motivo da noite é uma grande frustração.
    virtualmente, todo mundo parece ser mais interessante e feliz. buscar aprovação dessa forma é doentio.
    pra completar, a imagem ficou excelente! nada mais característico desse meio virtual como um vício, algo que suga suas energias…
    parabéns pelos posts!
    o blog é muito bom =)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s