Dia dos Namorados

 

É. Dia dos namorados taí mais uma vez. Mais uma data cretina que a gente tem que engolir… Fazer o quê? Tempo de ver a galera que namora babar ovo de namorado, e quem não namora afirmar que aaaama ser solteiro. Acho engraçado. Ninguém aaaama ser sozinho. A gente só aprende a viver assim. Se acostuma, se conforma. Da mesma forma como nem todo mundo que tem um par está 100% satisfeito com a atual situação. Muita gente empurra relacionamento falido com a barriga porque tem medo de ficar sozinho. Muita gente nem sabe o que é ficar sozinho.

Eu não aaaaaamo ser solteira não. Essa fase já passou, de achar que ”eu não preciso de ninguém pra ser feliz”. Todo mundo precisa. Mas não é uma busca fácil, pelo menos pra quem não se contenta com qualquer achado. Então eu apenas estou curtindo a minha fase solteira. Mas ela não é melhor ou pior que a ‘casada’. São diferentes e igualmente necessárias pro amadurecimento emocional de todo mundo.

Vou passar o dia dos namorados como tem sido nos últimos anos: trabalhando. O meu signo namora com os projetos pessoais mesmo. Quem se envolve com capricornianos deve saber de início, que jamais será a prioridade numero um. E se conformar com o fato de que, na ‘’nossa’’ cabeça, isso não é nada demais… Nunca dei certo com mocinhos que não entendiam eu trabalhar na noite e ter que fazer social com metade das pessoas cada vez que entro num lugar. Os que exigiram mudança, mudaram foi o status: de gente que eu fazia questão, pra gente que eu não quero ver nem pintada de ouro.

E é assim: claro, que quando a gente se apaixona, abre um espacinho a mais, desde que a pessoa se mostre merecedora de tal. Da mesma forma que prezamos uma boa politicagem e networking, a gente gosta de agradar. E isso se estende à quem escolhemos pra andar de mão dada também. Mas a mão agora, está ocupada só com o stop/play/curtir/comentar, rs.

Anúncios

2 Respostas para “Dia dos Namorados

  1. Sabe, eu acho que a maioria das pessoas fica marcando um tempão, esperando a pessoa “perfeita” e aí passa por um, passa por outro – que era até legal, e a cada ano que passa, o nível de exigência vai aumentando e a solidão também… e as pessoas continuam passando, indo e vindo.

    Depois de 13 anos namorando uma garota, resolvi “virar homem” e casar com ela.

    Infelizmente ela não é uma mulher perfeita, pelo contrário, é cheia de defeitos e vive me jogando coisas na cara pra ver se eu melhoro meu jeito e meus defeitos…defeitos, eu???

    E eu que me julgava perfeito…

    Depois de 3 anos de casados tivemos um filho, que se chama Nathan e pela graça de Deus, esse veio perfeito.

    Nosso casamento também não é perfeito, mas juntos vamos tentando achar soluções e abrir novos caminhos à luz de Deus.

    O mais estranho de toda essa falta de perfeição, é que preciso dela me corrigindo. E com toda a raiva que ela me faz sentir com seus defeitos, sem eles sinto que algo me falta e preciso daquela pessoa “defeituosa” pra me sentir um pouquinho melhor.

    Sabe, se você encontrou uma pessoa que não é perfeita, mas que é sincera, fiel, honesta e quer viver uma vida com você e de sua parte você gosta dela, acho que tu tem que agarrar essa chance.

    E também acho que a chance desta pessoa não ser seu tipo ideal é muito grande, ou seja:
    – Pode ser do time contrário ao seu, os signos não combinarem e até mesmo o tipo físico, mas se com todos esses agravantes, você ainda quer saber um pouco mais dela, não sei não, mas algo perfeito pode acontecer!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s