Resgate

Ontem de madrugada, vendo tv insone como de praxe, apertei um botão qualquer do controle remoto e fui parar no canal 10. Não lembro o nome. Começava uma entrevista com Juarez Moreira. Me recusei a voltar pra bobajada americanóide que estava assistindo antes e vi um pedaço do programa.

Não consigo mensurar a explosão de sentimentos que foi, ouvir aquele som. Juarez Moreira é MUITO BH! Minas Gerais… Comecei a lembrar de quando viajava de carro com a família ou sozinha com meu pai, ao som dele e à vista das inúmeras montanhas da nossa paisagem. Sempre fui apaixonada pela minha terrinha. E ter sido convidada pra fazer parte da campanha do Sou BH está me fazendo resgatar esse amor, que andava perdido, descrente… Quase indo na onda do ‘’Bh não tem nada pra fazer’’, ‘’isso aqui é uma roça’’ e ‘’se você quiser dar certo, tem que sair daqui’’… Eu até concordo EM PARTES com duas das três afirmações, mas isso não pode ofuscar o meu amor pela minha cidade. Isso tem que me impulsionar a buscar melhorias, fazer por onde. Ou pelo menos tentar.
É fácil abandonar o barco e ficar de longe apontando os defeitos. E de repente, ‘’dar certo’’ fora daqui nem vai te fazer tão mais feliz assim… Digo isso porque todas as vezes que dou uma passeadinha fora, volto morta de saudade desse climão de interior e de todo mundo saber quem eu sou. Isso me dá segurança, pra sair sozinha quando der na telha, que é o que mais faço. E aqui tem muita coisa pra fazer sim. O ‘’problema’’ é que insistimos na repetição, justamente por conta dessa segurança que citei agora há pouco. Ainda não estamos conseguindo sair da rotina e arriscar uma baladinha onde você não conhece o dono ou as pessoas no lugar. E acabamos sempre, indo praquele barzinho, do fulano de tal, ‘’tá indo todo mundo’’…

Não sei se isso é bom ou ruim. Sei, com certeza, é que percebi que estava criando uma antipatia com o lugar que moro, por causa de gente que nem vive mais aqui (ou vive a contra gosto). E entendo que pra cada pessoa, a vida funciona de um jeito. Realmente, a maioria dos queridos que conheço e que partiram, está dando muito certo nos outros lugares, mas eu creio que é porque são extremamente competentes, e não porque estão em outra cidade, seja ela qual for. E eu sou feliz em Belo Horizonte! Muito, diga-se de passagem…

Anúncios

Uma resposta para “Resgate

  1. Prá quem gosta de merda e de barulho à toa, ser explorado pelas indústrias que na maioria pagam mal, fique aqui, faça-me este favor.

    Esta cidade tem sim barulho e bagunça de cidade grande mas em menor proporção, mas aqui não é nunca um lugar de se desenvolver e sentir cheiro de mundo, roça maldita.

    A única coisa que valeu aqui prá mim é a Universidade Puc, muito boa e os bons lugares que trabalhei que são empresas grandes, o resto só tem gente tola, que só sabe paquerar aos finais de semana, e, sair com gente apresentada por amigos, talvez por medo excessivo que eles têm, diria à toa, já que os bandidos daqui são pé de chinelo.

    As mulheres daqui querem dar uma de garotas de famílias, mas são biscatinhas disfarçadas de menininhas da montanha.

    Uma dica, que aprendam a andar de salto alto e ter charme, porque não tem estilo, apenas roupas bonitas.

    Mineira, abre a cabeça.

    Existe um planeta klá fora.

    Ah, outra coisa, belo horizontino, não sabe morar em outro lugar, pq ngm tem saco de aguentar suas atitudes e pensamentos retrógrados, escondidos e chamados de tradição.

    Mulheres de bh, sejam menos apavoradas para arrumarem marido, vão c/ calma, estamos no séc xxi, e, n banquem as certinhas, pq mulher legal e com uma conversa legal, n significa que é piranha como vcs morrem de medo de serem rotuladas.

    Abra a cabeça roceiros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s